Perguntas Frequentes - Infância e Adolecência - AMAC

  

Perguntas Frequentes - Infância e Adolecência
Avalie este item
(0 votos)

Algumas mulheres quando estão amamentando produzem um volume de leite além da necessidade do bebê, o que possibilita que sejam doadoras de um Banco de Leite Humano.

De acordo com a legislação que regulamenta o funcionamento dos Bancos de Leite no Brasil (RDC Nº 171) a doadora, além de apresentar excesso de leite, deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente.

Avalie este item
(0 votos)

Se você quer doar seu leite entre em contato com um Banco de Leite Humano.

Rua: São Sebastião. 772/776 - 3º andar centro

Tel: 3690-7436

Avalie este item
(0 votos)

 Escolha um frasco de vidro com tampa plástica, pode ser de café solúvel ou maionese;
- Retire o rótulo e o papelão que fica sob a tampa e lave com água e sabão, enxaguando bem;
- Em seguida, coloque em uma panela o vidro e a tampa e cubra com água, deixando ferver por 15 minutos (conte o tempo a partir do início da fervura);
- Escorra a água da panela e coloque o frasco e a tampa para secar de boca para baixo em um pano limpo;

- Deixe escorrer a água do frasco e da tampa. Não enxugue;
- Você poderá usar quando estiver seco.

Avalie este item
(0 votos)

O leite deve ser retirado depois que o bebê mamar ou quando as mamas estiverem muito cheias.

Ao retirar o leite é importante que você siga algumas recomendações que fazem parte da garantia de qualidade do leite humano distribuído aos bebês hospitalizados:

1- Escolha um lugar limpo, tranquilo e longe de animais;

2- Prenda e cubra os cabelos com uma touca ou lenço;

3- Evite conversar durante a retirada do leite ou utilize uma máscara ou fralda cobrindo o nariz e a boca;


4- Lave as mãos e antebraços com água e sabão e seque em uma toalha limpa.

Como retirar o leite humano (ordenhar)?


Comece fazendo massagem suave e circular nas mamas.

Massageie as mamas com as polpas dos dedos começando na aréola (parte escura da mama) e, de forma circular, abrangendo toda mama

É ideal que o leite seja retirado de forma manual:

- Primeiro coloque os dedos polegar e indicador no local onde começa a aréola (parte escura da mama);

- Firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo;
- Comprima suavemente um dedo contra o outro, repetindo esse movimento várias vezes até o leite começar a sair;

- Despreze os primeiros jatos ou gotas e inicie a coleta no frasco.

 

Se você estiver com dificuldade de retirar seu leite, procure apoio no Banco de Leite Humano.

Avalie este item
(0 votos)

O frasco com o leite retirado deve ser armazenado no congelador ou freezer.
Na próxima vez que for retirar o leite, utilize outro recipiente esterilizado e, ao terminar, acrescente este leite no frasco que está no freezer ou congelador.

O leite pode ficar armazenado congelado por até 15 dias.


O leite humano doado, após passar por processo que envolve seleção, classificação e pasteurização, é distribuído com qualidade certificada aos bebês internados em unidades neonatais.

Avalie este item
(0 votos)

O adolescente poderá fazer o curso oferecido pelo Promad e, posteriormente, de acordo com a avaliação de desempenho, participar de seleção para o mercado de trabalho como Aprendiz de Serviços Administrativos. Cabe ressaltar que a demanda de atendimento é superior ao número de vagas oferecidas, sendo priorizados, desta forma, os casos de maior vulnerabilidade encaminhados pelos CRAS e a escolaridade mínima de 8º ano do Ensino Fundamental.

Avalie este item
(0 votos)

O encaminhamento para o mercado de trabalho como Aprendiz de Jardinagem, poderá ser feito a partir de 18 anos de idade, atendendo à Portaria do Ministério do Trabalho, MTE nº 723/2012.

Na faixa etária de 14 à 17 anos de idade são oferecidas oficinas em diversas áreas, ligadas ao meio ambiente e à jardinagem, e os adolescentes que tiverem bom aproveitamento poderão ser encaminhados ao mercado de trabalho/aprendizagem, de acordo com a demanda de vaga nas empresas conveniadas.

Avalie este item
(0 votos)

Temos cursos profissionalizantes, que a cada ano são modificados para dinamizar o serviço e atender melhor à demanda da comunidade. As atividades esportivas destinam-se para a faixa etária de 10 anos à 14 anos.

Avalie este item
(0 votos)

Na Casa da Menina Artesã, a adolescente tem a oportunidade de participar do curso de artesanato, gratuitamente, e recebe vale-transporte, alimentação e acompanhamento sociopedagógico. Posteriormente, a adolescente com interesse e habilidade para o artesanato, poderá participar da Oficina de Artesanato, onde os produtos confeccionados são vendidos em exposições, feiras, bazares e eventos em geral, ficando o percentual de 70% do valor de venda para a adolescente.

Avalie este item
(0 votos)

A equipe do Serviço acompanha a Família Acolhedora por todo o período do acolhimento e após o desligamento da criança/adolescente.

Durante o período do acolhimento, a família acolhedora participa do processo de reinserção da criança em sua família biológica ou extensa e dos desdobramentos das informações encaminhadas à Vara da Infância e da Juventude.

O processo de desligamento acontece de maneira progressiva e a equipe mantém o trabalho de suporte psicossocial à família acolhedora após o desligamento da criança/adolescente.

Quando a criança retorna para a sua família, ela pode ter contato com a família acolhedora?

Após a saída da criança/adolescente da família acolhedora, caso ambas as partes desejarem, existe a possibilidade de se manterem os contatos, ampliando a rede de apoio pessoal/social da criança e do adolescente e de sua família.

Porém, quando a criança é adotada, não podemos assegurar o contato, pois depende da família adotante e da Vara da Infância e da Juventude permitirem.

Página 2 de 4

          

Assine nossa Newsletter