Varal de Afetos reflete atendimento na Família Acolhedora - AMAC

  

Quarta, 22 Novembro 2017 11:15

Varal de Afetos reflete atendimento na Família Acolhedora

Avalie este item
(0 votos)
 
No final deste ano, o Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora promoveu uma atividade lúdica de integração entre as famílias e as crianças: “O Varal de Afetos - O que representa para você ser Família Acolhedora” foi o tema abordado, onde as crianças e Famílias puderam elaborar mensagens que foram afixadas em um varal que está em exposição na sede do Serviço.
 
Através de imagens, escrita e desenhos, as criações transmitem dizeres e trocas afetivas entre as Crianças, Famílias e Serviço. Veja algumas das frases do mural: 
 
“Dividir amor com quem mais precisa, doar-se de todo o coração e sentir de volta a alegria de cada sorriso em cada olhar”; 
 
“Saber que somos fortes o suficiente para ajudar quem no momento precisa se nós”; 
 
“Quando dizem que um sorriso é capaz de mudar nosso dia, tá ai a resposta! Poder acolher é um privilégio! Não me arrependo e sou grata pela oportunidade. Cada sorriso, cada gripe, cada bagunça valem a pema sim!” 
 
O Serviço de Família Acolhedora organiza o acolhimento, em residências de famílias acolhedoras cadastradas, de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva, em função de risco pessoal e social e abandono ou cujas famílias ou responsáveis se encontrem temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção, até que seja viabilizado o retorno ao convívio com a família de origem, extensa ou ampliada, e, na sua impossibilidade, encaminhamento para adoção.
 
O Serviço é executado pela  AMAC em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) e recebe bebês, crianças e adolescentes até 17 anos, que estão em medida protetiva, encaminhados pela Vara da Infância e Juventude.
 
O que é preciso para ser uma Família Acolhedora? Ser solidário (a); ter disponibilidade afetiva ; ter de 21 a 65 anos de idade; mão estar inscrito no cadastro de adoção; possuir boa saúde física e mental; Não ter antecedentes criminais. Interessados podem fazer contato pelo telefone: 3690-7963

          

Assine nossa Newsletter